Histórico

7 anos de trabalho, 10.000 pessoas beneficiadas, 150 mil mudas plantadas, e muitas sementes espalhadas!

O IPOEMA – INSTITUTO DE PERMACULTURA: ORGANIZAÇÃO, ECOVILAS E MEIO AMBIENTE é uma associação de direito privado sem fins lucrativos cuja missão é viver, aprender, ensinar e disseminar a Permacultura, prática que envolve diversas dimensões da ocupação humana, como planejamento de ambientes sustentáveis, bioconstruções, uso racional da água, energias renováveis, sistemas agroflorestais, produção alimentar ecológica e recuperação de áreas degradadas.

Desde sua fundação, em março de 2005, o Ipoema teve cerca de 500 educandos em Permacultura por ano. Atualmente o Instituto beneficia diretamente mais de 5.000 pessoas por meio de palestras, oficinas, cursos e projetos socioambientais. O Instituto oferece cursos de Permacultura, além de Bioconstrução, Sistemas Agroflorestais, Manejo Sustentável da Água e Alimentação Natural. Em 2008, Cláudio Jacintho, idealizador e fundador do IPOEMA assume voluntariamente a cadeira de professor da disciplina “Introdução à Permacultura” no Departamento de Engenharia Florestal, na Universidade de Brasília. Desde então, a Permacultura passa a ser ensinada em uma das principais Universidades públicas da América Latina, sob responsabilidade dos professores do IPOEMA.

Reconhecimento

Muito nos orgulhamos de contribuir efetivamente com consolidação da Permacultura enquanto método científico para a construção da sustentabilidade. Dentre os fatos históricos dos quais ficamos honrados, destacamos o encontro de alguns dos permacultores do IPOEMA com os criadores da Permacultura, Bill Mollison e David Holmgren.

Bill Mollison

Em, 2005, participamos de um evento para troca de experiências com Bill Mollison em Pirinópolis – GO.

David Holmgren

Em 2007, tivemos a oportunidade de receber no Centro de Permacultura Asa Branca, David Holmgren, que esteve em Brasília ministrando um Curso Avançado de Permacultura.

Plantando

O Ipoema já plantou mais de 150 mil árvores na intenção de compensar as emissões de suas atividades executivas, sendo que todas as árvores foram implantadas em cerca de 30 sistemas agroflorestais em lotes de agricultores familiares, sítios no entorno do DF e em Unidades Demonstrativas de 5 estados brasileiros e no Paraguai.

Construindo

Já foram construídas pelo Instituto 45 edificações ecológicas entre casas, salas de aula e galpões rurais e 25 sistemas de ecosaneamento e de captação e armazenamento de água da chuva, evitando a contaminação direta de cerca de 160 mil litros de água por ano e armazenando em torno de 1 milhão de litros de água da chuva.

Vivenciando

O Instituto atua hoje em três estações permaculturais no Distrito Federal: a Chácara Asa Branca, berço do IPOEMA, o Sítio Semente e a Chácara Santa Rita. Nas Estações, o Ipoema realiza seus cursos, vivências e atividades, trazendo para o dia-a-dia dos participantes a ética permacultural na prática. As Estações são ambientes não apenas demonstrativos, mas sim espaços onde vivem famílias que incorporam em seu cotidiano soluções sustentáveis para o dia-a-dia.

Criando

Dentre os projetos do Instituto, se destacam os projetos“Educação para a sustentabilidade no Jardim Botânico de Brasília (JBB)” em parceria com a CAESB; o “Puroritmo – Festival da Cultura Consciente” em parceria com o Jardim Botânico de Brasília, o “Permacultura: Caminho para a Harmonia”, um longa-metragem aprovado pelo Fundo de Apoio a Cultura da Secretaria de Cultura do Distrito Federal – FAC/DF.; o ‘Projeto Rio São Bartolomeu Vivo’ em parceria com a Fundação Banco do Brasil, o “Plano de Manejo para o Parque de Uso Múltiplo da Asa Sul” e o Programa Carbono Orgânico” que neutraliza as emissões de carbono de eventos e atividades ao mesmo tempo que recria florestas produtivas, fonte de alimento para agricultores.